domingo, 16 de setembro de 2018

Layout filme B



Inspirado nas antigas revistas de ficção científica (tipo Amazing Stories), o layout na horizontal para a página sobre o filme O Predador, com direito a um TOP TEN monstros espaciais.



terça-feira, 11 de setembro de 2018

Lançamentos de livros

Algumas capas de livros que estão sendo lançados pela Cia das Letras  e claro, com os nomes dos capistas.


SE NÃO EU, QUEM VAI FAZER VOCÊ FELIZ?
Graziela Gonçalves
CAPA:  ALE KALKO




CORAÇÃO AZEDO
Jenny Zhang
CAPA: CLAUDIA ESPÍNOLA DE CARVALHO



A MORTE DE HITLER
Jean-Christophe Brisard e Lana Parshina
CAPA: BEN SUMMERS



TERRA ESTRANHA
James Bladwin
CAPA: DANIEL TRENCH



MARIA BONITA
Adriana Negreiros
CAPA: ALCEU CHIESORIN NUNES



O ETERNO MARIDO
Fiódor Dostoiévski
CAPA: CLAUDIA ESPÍNOLA DE CARVALHO



A CASA DOURADA
Salman Rushdie
CAPA: VICTOR BURTON



IRMÃOS: UMA HISTÓRIA DO P.C.C
Gabriel Felran
CAPA: GUILHERME XAVIER


terça-feira, 4 de setembro de 2018

O dia seguinte

No dia seguinte à notícia do incêndio no Museu Nacional, os jornais costumam fazer uma espécie de rescaldo. Mostram como ficou, o que sobrou ou ainda, revelam como estão os outros museus espalhados pelas cidades, tentando nortear possíveis novas tragédias.

Mas hoje, alguns jornais foram além, com capas além de belas, criativas e informativas.

Estado de Minas, Extra, Metro Rio e O Povo mostraram com belas páginas, o dia seguinte.





segunda-feira, 3 de setembro de 2018

O incêndio no Museu

O Museu Nacional, localizado na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, foi destruído por um incêndio na noite de ontem. Prédio que foi moradia da familia real, o museu tinha 200 anos e possuia no acervo mais de 20 milhões de peças, entre múmias, meteoritos e fósseis de dinossauros.

E de norte a sul do País, as capas dos jornais brasileiros, com o incêndio no museu.




















sábado, 21 de julho de 2018

Revistas semanais

As capas da semana das três principais revistas de informação do País.




Estreitando a relação jornal-leitor



Sempre quando vou diagramar a capa do jornal ou uma página interna, penso no leitor, em como interagir, como aproximar o leitor e o jornal, estreitar essa relação. Por isso, sempre que há oportunidade, procuro criar uma página que remeta a realidade viviva por quem está lendo o jornal para a página, para o papel.

E assim foi com essa capa.

 Santos teve uma manhã diferente, atingida por um forte nevoeiro que encobriu a cidade e causou alguns transtornos no trânsito, nas ruas, na travessia de balsas.

Então, quando ví que a belíssima imagem do fotografo Alexsander Ferraz seria incluída na edição, sugeri ao editor da capa que fosse colocada no alto da página, em 6 colunas, e o título dentro.

E seguindo com a ideia de aproximar o jornal da realidade vivida pelo leitor, esfumacei o título para dar a idéia de que o nevoeiro foi tão forte que até as letras da palavra foram ofuscadas pela névoa.